Bitseal

quarta-feira, novembro 01, 2006

Referendo do Aborto

É simplesmente ridículo ter que se realizar um referendo para que um País decida o destino da decisão de um individuo. O aborto diz simplesmente respeito a mulher, ao casal (se for caso disso) e ao médico. Mais ninguém tem nada haver com o assunto. Este preconceito e mania de se meterem na vida dos outros tem pura e simplesmente haver com o peso da educação crista na sociedade. Para quem ainda não sabe a proposta não tem como objectivo tirar bebes com 9 meses do ventre materno e torcer-lhes o pescoço como fazem os criadores de pássaros. Simplesmente vão retirar algo que ainda nem tem a maioria dos órgãos formados, mais pequeno que a palma de uma mão. O procedimento será feito em locais especializados e com a garantia de vida para a mãe. As mulheres não andam por ai a torto e a direito gravidas e certamente que o aborto é a ultima alternativa em que pensam.
Afinal porque não se realiza um referendo em Fevereiro para o TGV? Um projecto com um enorme peso económico e sem viabilidade possível, mas que os políticos tanto insistem em concretizar. Não teria mais lógica ser o povo a decidir?
Por um lado até percebo que não teria muita lógica, dado que o povo possui taxas de endividamento muito elevadas, possivelmente tomariam a decisão errada em função do luxo e para dizer que têm, como fazem nas suas vidas no dia-a-dia.
Mas e referendos sobre o ambiente? Sobre a educação sexual nas escolas, sobre os lobbies políticos?

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]



<$I18N$LinksToThisPost>:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial